Importância da Capacitação Profissional para a Produtividade

A capacitação profissional tem grande influência sobre a produtividade do trabalho. Atualmente é senso comum que para uma indústria ser competitiva ela precisa que a força de trabalho seja produtiva. E os trabalhadores para terem níveis mais altos de produtividade precisam ser educados. Somente assim eles tornam-se aptos a aprender novas técnicas e métodos de trabalho mais produtivos.

A qualificação do profissional brasileiro influencia a sua produtividade?

Infelizmente os trabalhadores brasileiros possuem uma baixa qualificação formal o que os torna muito pouco produtivos. Este fato demanda por parte das empresas um esforço suplementar na capacitação profissional para aumentar a produtividade.

Além disto, conforme a OEDC¹, a capacitação profissional interna permite que as empresas desenvolvam habilidades específicas no seu quadro de colaboradores de forma mais adequada que as desenvolvidas na simples educação formal. Estudos relevantes apontam que as empresas que contam com capacitação operacional interna (on-job-training) são mais inovadoras  e produtivas. Além disto, a capacitação for contínua e permanente aumenta o nível de satisfação das pessoas para com o trabalho ampliando o impacto sobre a produtividade. Conforme o BID², o on-job-training pode gerar um aumento da produtividade no trabalho entre 16 a 23% conforme o setor.

Como a capacitação profissional aumenta a produtividade?

A contribuição da capacitação operacional na produtividade do trabalho está diretamente relacionada ao aumento de rendimento e a redução de gastos e desperdícios. O aumento do rendimento dá-se pela correta execução das atividades quanto aos procedimentos e em relação à constância e ritmo do trabalho. Já há redução de gastos pois trabalhadores adequadamente capacitados tendem a economizar no uso de materiais de consumo e matérias-primas e a cometerem menos erros reduzindo perdas e a necessidade de retrabalhos.

Porém, para que o processo tenha os resultados esperados, as atividades desenvolvidas têm de estar alinhados com as diretrizes da organização porque sem isto não receberá o apoio necessário. Isto significa que os instrutores têm de dominar as metodologias padrões operacionais a serem repassados.  Além disto, para serem entendidos, precisam ser bons comunicadores, garantindo assim que o conhecimento seja adequadamente repassado. O sucesso da capacitação operacional também necessita que sejam criados mecanismos de feedback, de forma a avaliar, periodicamente, se as atividades estão sendo executadas conforme o planejado. E caso não estejam, deve ser providenciado rapidamente uma requalificação das pessoas.

Ou seja, a qualificação operacional tem de ser encarada por parte da organização como um processo de gestão completo, envolvendo atividades de planejamento, capacitação e monitoramento da execução.

¹OECD. Ministerial Report on the OECD Innovation Strategy. 2010.

²MOHAN, Preya; STROBL, Eric; WATSON, Patric. In-firm Training, Innovatoion and Productivity – The case of Caribbean Small Island Developing States. IDB Working Paper No IDB-WP-778. 2017.

 

 

 

 

 

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *