Micro-Aprendizado nas áreas operacionais das empresas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A forma de se comunicar com as pessoas vem se transformando ao longo do tempo, acompanhando os comportamentos sociais vigentes. Dentro das empresas, isso também se aplica. Cada vez mais precisamos de informações claras, acessíveis e práticas. 

Veja como a micro aprendizagem se enquadra na capacitação operacional das empresas. 

O aprendizado nas organizações

A gestão do conhecimento para adultos da área operacional tem evoluído da mera formação técnica para a formação por competências, onde não só o saber e o saber fazer são o mais importante na formação, como também o saber ser.

Alguns temas ainda são desafiadores: os diferentes conceitos e práticas de desenvolvimento e a aplicação e avaliação dos programas de formação, pois diferentes concepções de ensino/aprendizagem podem obter diferentes resultados.

Entretanto, independentemente das práticas adotada nas organizações, alguns fatores são comuns:

  1. Foco na aprendizagem e não no ensino (como convém a um programa voltado a adultos).
  2. Engajar os colaboradores no aprendizado contínuo.
  3. Favorecer a reflexão e a abstração para aumentar o desempenho dos colaboradores.
  4. Contextualizar o conteúdo e a aprendizagem em situações e dados reais.
  5. Favorecer a relação entre diferentes situações práticas.
  6. Incrementar a colaboração por meio da participação dos colaboradores na elaboração dos conteúdos.
  7. Os adultos são orientados para a aprendizagem centrada nas suas tarefas e nos seus problemas. Por isso, a experiência deve ser considerada como a fonte mais relevante para a aprendizagem.
  8. Os adultos necessitam de autonomia na aprendizagem, através da busca individual de novas informações e conhecimentos.

O Micro-Aprendizado nas organizações

Entre as diferentes formas de ensino observadas hoje em dia nas empresas, especialmente no nível operacional, a Micro-Aprendizagem é a que está consegue por em prática aqueles fatores comuns.

A Micro-Aprendizagem é uma forma de ensinar e entregar conteúdo aos colaboradores em pequenas doses (4-13 minutos), focado numa necessidade específica e com um resultado de aprendizagem também específico e focado. O colaborador controla o que e quando estará aprendendo. Isso torna o aprendizado particularmente fácil de aplicar nas empresas.

O Micro-Aprendizado é o mesmo que oferecer conhecimento como pequenos fragmentos de material de treinamento que o colaborador pode consumir em um curto espaço de tempo; diferentemente da aprendizagem “macro”, com seus os conteúdos longos, que tipicamente se tem acesso através de uma aula típica de eLearning.

Já é amplamente reconhecido que aprendemos mais (e o retemos melhor) quando estudamos em períodos curtos e focados do que quando nos sentamos presencialmente em aulas com uma hora de duração.

Embora o Micro-Aprendizado tenha se tornado cada vez mais popular nos últimos anos, ele tem uma longa história, mesmo antes de os computadores existirem. Mas realmente decolou quando conheceu o smartphone.

Nesta era de agendas lotadas e períodos curtos de atenção, o Micro-Aprendizado é um modelo de treinamento quase perfeito. E pode ser usado para todos os tipos de treinamento. Alguns exemplos de Micro-Aprendizado incluem integração de funcionários, treinamento de conformidade e treinamento de habilidades.

E, quando combinado com o eLearning tradicional, o Micro-Aprendizado se torna ainda mais poderoso, à medida que torna possível o acesso a vastos repositórios de conteúdo, com elementos multimídia, estratégias de gamificação ou são implementados usando técnicas como a repetição espaçada (em que o conteúdo é mostrado ao aluno em intervalos específicos que aumentam sua retenção).

A praticidade e objetividade do Micro-Aprendizado permite que o conhecimento seja aplicado rapidamente no dia-a-dia de trabalho de acordo com suas necessidades rotineiras, pois a compreensão é mais acelerada e eficiente. Isso aumenta muito o engajamento da equipe, o foco dos colaboradores, melhora a eficácia do aprendizado e potencializa os resultados.

Outra característica do Micro-Aprendizado é a variedade dos formatos dos conteúdos. É possível utilizar, além de textos, vídeos, infográficos, imagens e slides. Isso permite maior engajamento das pessoas, abrange o conhecimento e torna o processo de aprendizagem mais interativo.

Por isso, o Micro-Aprendizado será um elemento permanente no eLearning das organizações, pois atinge os pontos ideais:

  • É divertido e envolvente (é curto e aproveita os recursos de multimídia e gamificação)
  • Funciona (as pessoas se lembram melhor das coisas que aprenderam por meio do Micro-Aprendizado)
  • É casual (você pode fazer em qualquer lugar e não exige muito do tempo dos colaboradores)

Benefícios

Reduz significativamente os custos: Produzir um vídeo ou um infográfico, por exemplo, não precisa de muito. Basta ter uma câmera, um espaço legal e algumas poucas horas para produzir o conteúdo. Um curso de Micro-Aprendizado é muito mais barato de produzir. Requer menos recursos e os teus instrutores podem (ou devem ser) os teus líderes.

É muito fácil compartilhar conhecimento: Porque é fácil criar e disponibilizar os conteúdos em uma plataforma, para que os colaboradores acessem a qualquer momento e de qualquer lugar.

É muito fácil atualizar: Por ser um conteúdo curto, as atualizações, substituições ou remoções de uma informação específica, seja definitivamente ou temporariamente, são feitas muito rapidamente, o que também alavanca o tempo de resposta das empresas e os resultados.

É mais rápido entregar: A falta de foco é um dos principais problemas no dia a dia de trabalho. Menos coisas para escrever significam tempos de entrega do curso mais curtos. Com o Micro-Aprendizado, as empresas podem construir um curso com dezenas de unidades em poucas horas. Isso permite que você responda mais rapidamente às mudanças nas metas de negócios e às novas demandas de treinamento.

É muito flexível: Os cursos podem cobrir qualquer assunto, tal como os cursos regulares de e-Learning; só que em pequenas doses. Você pode criar cursos que fornecem uma visão geral ampla de um assunto ou até mesmo criar cursos para tópicos complexos. Aliás, a forma de abordagem dos conteúdos é uma das principais vantagens, pois é disponibilizado na dose exata, abordando apenas o que é de interesse e necessário para a devida execução das atividades.

Os colaboradores acham mais envolvente: É o método de entrega de treinamento mais envolvente. A experiência de Micro-Aprendizado é semelhante a verificar a rede social favorita no smartphone.

Aumenta a retenção de conhecimento: Quando estudamos algo repetidamente e o vemos novamente quando estamos quase esquecendo, nós retemos o conhecimento muito melhor. Esse estudo repetido se encaixa perfeitamente com as unidades de Micro-Aprendizado, uma vez que são pequenas, independentes e fáceis de rever a qualquer hora.

Dá aos colaboradores mais liberdade: O treinamento online regular que usa cursos com muito texto não é ideal para estudar em períodos curtos. O Micro-Aprendizado, por outro lado, permite que os colaboradores aproveitem o aprendizado casual sempre que tiverem algum tempo livre, inclusive no momento que tiver alguma dúvida ou precisar de determinada informação. Além disso, como os cursos são pequenos, eles também são fáceis de baixar e levar com você quando estiver off-line.

Mobilidade é a bola da vez: é possível acessar os conteúdos de qualquer smartphone ou tablet. Assim, os colaboradores não precisam estar na frente de um computador ou dentro de um escritório para acessar o conteúdo e tirar possíveis dúvidas.

O Desenvolve é uma solução pensada e estruturada a partir destes conceitos, e entrega o que sua empresa precisa para se adaptar a esse processo de aprendizagem na prática. 

Saiba como funciona a micro aprendizagem na plataforma Desenvolve

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com a sua rede e acompanhe nosso blog!